HomeAtividade

Atividade do GEPPAV

Editado "Serões Vilarmourenses"

No dia 20 de agosto, no âmbito da III Feira do Livro Luso-Galaica, em Caminha, o GEPPAV apresentou o seu sexto trabalho publicado. Serões Vilarmourenses. Vidas, usos e costumes de um mundo que se perdeu, de seu título, reúne uma meia centena de relatos, escritos ao correr da pena, com estórias e tradições de Vilar de Mouros, a maioria das quais se perderam nos últimos decénios com a assombrosa aceleração da história de que todos somos testemunhas e protagonistas.

 

Os autores destas memórias, que representam no seu conjunto um autêntico retrato da vida da freguesia na primeira metade do século XX, são os vilarmourenses Manuel Renda (1912-2002), a título póstumo, e Plácido Souto (n.1936), elemento fundador do GEPPAV, a que se soma uma recordação de Alice Fontes Rocha (1923-2011), também já falecida.

 

Enriquecem este álbum de um modo significativo mais de uma centena de fotografias e outras imagens ilustrativas dos temas abordados, oriundas de arquivos familiares, que o Grupo de Estudo e Preservação do Património Vilarmourense foi paulatinamente recolhendo desde a sua criação, em 2004.

Serões Vilarmourenses

Continuar...

Acervo do arquiteto vilarmourense José Porto doado à Fundação Marques da Silva

O acervo do arquiteto vilarmourense José Porto (1883-1965) foi doado à Fundação Instituto Marques da Silva (FIMS), entidade tutelada pela Universidade do Porto. A doação foi realizada pelo arquiteto vilarmourense Abílio Mourão, legatário daquele espólio (há muito recebido das mãos da viúva de José Porto, Betsy) e foi oficializada no passado dia 9 de Outubro na sede da FIMS, no Porto.
 
Em causa estão mais de duas centenas de peças desenhadas, a que acresce um conjunto de quarenta outros desenhos de serralharia, que estavam na posse do GEPPAV por oferta do derradeiro ferreiro da Oficina Fontes, António (Totas) Fontes Lages. Na ocasião, a obra de José Porto foi evocada com intervenções dos arquitetos Abílio Mourão e Sérgio Fernandez, e também de Paulo Torres Bento e da presidente da FIMS, Professora Doutora Fátima Marinho.
 
De Vilar de Mouros estiveram presentes um representante da Junta de Freguesia de Vilar de Mouros, João Arieira, o presidente da direção do Centro de Instrução e Recreio Vilarmourense, Basílio Barrocas, outros elementos do GEPPAV, como Joaquim Aldeia Gonçalves, e ainda Fernando Borlido e Carlos da Torre, que em 2003 contribuíram para a exposição e catálogo "José Porto (1883-1965). Desvendando o arquitecto de Vilar de Mouros".

 

Pág. 1 de 37

Go to top