HomeAtividade

Atividade do GEPPAV

Revista Vale Mais - Edição n.º 26/fevereiro de 2014

ValeMaisFevereiro

Reabilitação dos fontanários de Vilar de Mouros

O GEPPAV está a participar na ação de reabilitação dos fontanários de Vilar de Mouros que, em boa hora, a Junta de Freguesia resolveu agora empreender, apelando à participação voluntária dos vilarmourenses. Recorde-se que, na sequência de um trabalho de campo realizado desde outubro de 2004, o GEPPAV concluiu em abril de 2006 um estudo intitulado "Fontes e fontanários de Vilar de Mouros - situação actual e propostas para o futuro", então entregue na Junta de Freguesia, onde se identificavam 23 estruturas (entre fontes e fontanários) e se defendia a sua reabilitação, citamos, "como elementos constituintes do património natural e arquitectónico" e ainda para que pudessem voltar a cumprir "a sua função primordial, a de um abastecimento universal de água de qualidade, num momento em que a escassez, o alto preço e, por vezes, até a fraca qualidade da água canalizada, volta a tornar pertinente o aproveitamento das muitas e ricas nascentes de boa água que a natureza nos pôs à disposição, salvaguardando obviamente o indispensável controlo higiénico-sanitário". 

Continuar...

José Porto, o arquiteto vilarmourense revisitado em Vila Praia de Âncora

Dez anos decorridos desde a sua primeira exibição na Oficina Fontes, em Vilar de Mouros, vai ser possível revisitar a exposição "José Porto (1883-1965). Desvendando o Arquitecto de Vilar de Mouros", agora no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora, com a organização conjunta do Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora e do Grupo de Estudo e Preservação do Património Vilarmourense. Não se trata, contudo, de uma mera reposição, já que a mostra sobre a vida e obra de José Porto integra uma nova vertente, fruto de pesquisas recentes, sobre a relação profissional do arquiteto vilarmourense com Vila Praia de Âncora. Na verdade, na década que mediou entre 1952 e 1962, José Porto aqui projetou diversas moradias — entre as quais se destacam a residência Alfredo Pinto, na Praça da República —, empreendeu os primeiros trabalhos de planeamento urbano de Vila Praia de Âncora e, finalmente, foi o responsável pelo projeto do monumento a Luís Inocêncio Ramos Pereira que viria a ser inaugurado em 1970. A abertura da exposição terá lugar no dia 8 de fevereiro, sábado, pelas 17.00 horas, a que se seguirá uma conferência pela Arquiteta Carla Margarida de Sousa e Almeida, subordinada ao tema da sua tese de mestrado recentemente defendida na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto: "José Porto: Um percurso na arquitectura portuguesa". A exposição ficará patente ao público no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora até ao dia 23 de fevereiro de 2014.

Pág. 6 de 36

Go to top